Projeto busca apoio para atender crianças em Santana

  • Há três anos, projeto ajuda oferece reforço escolar e outras atividades aos alunos
    Há três anos, projeto ajuda oferece reforço escolar e outras atividades aos alunos
As atividades deste ano iniciaram no domingo, 17, na Escola Estadual São Paulo, no bairro Paraíso, com 65 crianças.

O Projeto Resgate Mirim, que atende crianças de 6 a 11 anos de idade, iniciou as atividades de 2019 no município de Santana. Mas, para alcançar seus objetivos, os coordenadores dependem de doações. Por isso, iniciaram uma campanha para arrecadar dinheiro ou materiais que possam ajudar nas atividades.

Há três anos, o projeto tende crianças com reforço escolar, alimentação, atividades físicas e de lazer, além de ações para prevenção de abusos sexuais e drogas. O principal objetivo é contribuir com o aprendizado educacional e evitar que os menores fiquem em situação de vulnerabilidade social.

As atividades deste ano iniciaram no domingo, 17, na Escola Estadual São Paulo, no bairro Paraíso, com 65 crianças. “Começamos com 65 alunos, mas a procura tem sido grande e vamos tentar abrir pelo menos mais cinco vagas porque são crianças que necessitam de atendimento”, explicou Maria Nogueira, idealizadora do projeto.

Por falta de apoio, o polo que funcionava na Escola Estadual Igarapé da Fortaleza teve que ser fechado. Quem tiver interesse em ajudar pode entrar em contato com Maria Nogueira, pelo número 991096113. “Precisamos dessas doações para que nossas crianças tenham o reforço escolar e os outros serviços que oferecemos, através dos nossos voluntários. Qualquer doação será de grande ajuda”, afirmou Nogueira.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários