Neném do Frango mantém acusações contra Sadala, mas não apresenta provas

  • Vice-prefeito foi questionado sobre as denúncias que fez contra o prefeito Ofirney Sadala
    Vice-prefeito foi questionado sobre as denúncias que fez contra o prefeito Ofirney Sadala
Neném do Frango prometeu levar as denúncias à Controladoria-Geral da União e à Polícia Federal.

Com as galerias lotadas, a Câmara Municipal de Santana (CMS) recebeu na noite desta quinta-feira, 21, o vice-prefeito Neném do Frango (PV) para falar sobre as denúncias que fez contra o prefeito da cidade, Ofirney Sadala (PHS). Neném manteve as acusações, mas não apresentou provas das irregularidades que Sadala teria praticado.

Durante quase duas horas, o vice-prefeito respondeu às perguntas dos vereadores, a maioria da base governista. A sessão foi tumultuada e Neném do Frango, sem apresentar provas, chegou a ser chamado de “mentiroso” pelo vereador Willian Bento (sem partido). "Estou trazendo as denúncias. O papel de investigar é de vocês", afirmou o vice-prefeito aos vereadores.

Outros parlamentares foram mais coerentes a respeito das denúncias apesentadas pelo vice-prefeito. Dr. Fabiano (PR), que é da base governista, afirmou que é preciso respeitar o devido processo legal e o vice-prefeito teria que apresentar provas materiais dos crimes. “Sem provas materiais, ficará a palavra do prefeito contra a do vice-prefeito”, afirmou Fabiano.

Anderson Almeida (DEM) afirmou que a Câmara tem o dever de receber as denúncias e de apurar os fatos que teriam sido praticados pelo prefeito. “O próprio prefeito tem dito que é favorável à investigação. Então, temos que receber as denúncias, implantar a comissão e apurar os fatos. Se não tiver ilegalidade, vamos arquivar as denúncias”, afirmou Almeida.

Neném do Frango acusa Ofirney Sadala de ter recebido R$ 12 mil em propina de um empresário; ter efetuado pagamentos de serviços que não teriam sido prestados, além de irregularidade na aplicação de recursos federais na área da educação. As denúncias foram protocoladas na quarta-feira, 20, e serão lidas na sessão da próxima terça-feira, 26.

O vice-prefeito afirmou que vai levar as denúncias, ainda nesta sexta-feira, 22, à Controladoria-Geral da União (CGU) e à Polícia Federal.

0 Comentários

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancel reply

0 Comentários